Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Problemas do Jardim São Cristóvão são debatidos em Audiência Pública

Problemas do Jardim São Cristóvão são debatidos em Audiência Pública

por jip — publicado 25/07/2017 11h21, última modificação 28/01/2020 13h21

A Audiência Pública para tratar de assuntos sobre as condições do bairro Jardim São Cristóvão aconteceu na noite da última quinta-feira (20), com a presença de moradores e autoridades, no plenário da Câmara Municipal de Ji-Paraná. A iniciativa é dos vereadores Silvia Cristina (PDT) e Marcelo Lemos (PSD). O evento contou com a presença dos vereadores Lorenil Gomes (PTB), Isaias Arnica (PSB), Obadias Ferreira (DEM), Claudia de Jesus (PT), Ida Fernandes (PV), Jhony Paixão (PRB), Clodoaldo Cardoso (PR), Du Galdino (PSDB) e Ademilson Procópio (PTB). 

“O objetivo foi promover um debate sobre as condições que envolvem e afeta diretamente toda a comunidade do bairro Jardim São Cristóvão. Recentemente realizamos uma vistoria no bairro, acompanhados do secretário municipal de Obras, Milton Félix e do empresário Luiz Bernardi, visando fazer um levantamento dos problemas estruturais e definirem alguns pontos para serem debatidos nesta Audiência Pública”, informaram Silvia Cristina (PDT) e Marcelo Lemos (PSD). 

A abertura foi feita pelo presidente da Câmara, Affonso Cândido (DEM), que deu boas vindas, ressaltou a importância deste evento, que mostra o quanto o Poder Legislativo se importa com as dificuldades dos moradores do bairro Jardim São Cristóvão e que vem fazendo o possível para atender as reivindicações dos moradores.

Marcelo Lemos (PSD) disse que a luta para resolver o problema do local é dos 17 vereadores e que esta audiência ajuda a definir as próximas ações. Silvia Cristina (PDT) informou que a audiência foi transferida porque algumas autoridades não poderiam participar e que seriam importantes para ajudar nas decisões de melhorias do bairro.

A morada Liliane Ventura comentou sobre o sonho de conseguir a casa própria e os problemas que sofrem com as alagações. O morador Raimundo Lima falou da dificuldade de acesso ao bairro, que está sendo possível apenas pela T-8. O presidente do bairro, Fabiano Rodrigues agradeceu os vereadores por realizarem o evento e destacou os problemas do bairro como, por exemplo, a falta de acesso, de galerias, de praça, entre outros.

Outros moradores também fizeram alguns questionamentos, expuseram alguns problemas da saída da rua Equador, questões dos prazos de entrega dos loteamentos, sobre o péssimo local que está sendo construído uma creche e falta de pavimentação da rua Cristóvão Galino, que segundo o secretário municipal Milton Félix está entre os 6 quilômetros que será feito pelo DER.

Silvia Cristina (PDT) ressaltou a visita que fizeram no bairro e falou sobre as ruas que estão em estado precário como, por exemplo, Cosmo Ferreira de Melo, Gebrim Abdala, Equador, Adroaldo Maciel e Venezuela. “Está é a primeira Audiência Pública que a Câmara promove para tratar de um bairro específico”, ressaltou.

O empresário Luís Bernardi, responsável pelo loteamento, informou sobre a nova lei para loteamentos e disse que quando este foi feito há 30 anos ele seguiu a lei da época.

COMPROMISSOS

Os compromissos assumidos na Audiência Pública foram os seguintes: o secretário municipal de Obras, Milton Félix informou que está programado para daqui 10 dias um paliativo nas ruas que não são pavimentadas, limpeza e desobstrução de bueiros, drenagem, além de analisarem a restauração dos bloquetes.

Luís Bernardi disse que após o período de chuva ajudará com manilhas e cimento para a equipe da Secretaria Municipal de Obras (Semosp) realizar a drenagem, visando amenizar os problemas.

Silvia Cristina (PDT) e Marcelo Lemos (PSD) disseram que os vereadores continuarão fiscalizando e divulgando o cronograma das atividades da Semosp no local.

“Pedimos que a diretoria da Associação de Moradores do Bairro regularize a situação para que possa receber verbas públicas para as realizações de projetos”, disseram os vereadores.

 

O presidente da Câmara, Affonso Cândido (DEM) afirmou que os vereadores estão buscando melhor qualidade de vida para a população e que vão encaminhar ofícios para o governador, Confúcio Moura (PMDB) e para o diretor do DER, Ezequiel Neiva solicitando a pavimentação da rua Cristóvão Galino.         

Mídias Sociais

Facebook Twitter Linkedin Youtube Flickr

Portal do Servidor

Transparência